ROBERTA TIRA A SUA CARTA

 
Apenas Roberta e Fred não tinham tirado nenhuma carta ainda e ela se apresenta, mas antes dá uma embaralhada para provocar.

“Quando Thomas desembarca em Veneza abre o envelope que Fernanda havia lhe dado em São Paulo e tem a grata surpresa de saber que havia uma exposição com suas fotos, organizada por Fernanda”.

Ela continua.

“No arquivo que eu li onde falava dessa exposição em Veneza era o Alex que estava organizando e tinha até detalhes dos quais ainda me lembro. Um amigo dele chamado Piero, que era dono de uma casa de máscaras e trabalhava com exposições, cuidaria de tudo. O Thomas só tinha que enviar as imagens e um currículo. Você confirma isso, Alex?”

“Bem, o Piero é um amigo que mora em Veneza, chegamos a pensar em uma exposição com a ajuda dele, mas o Thomas desistiu. Não podemos nos esquecer que estamos falando de uma ficção, com parte baseada na realidade e parte simplesmente inventada. Não vejo nenhuma relevância em ser o Piero ou a Fernanda o organizador dessa exposição no texto final, a não ser que você queira checar a realidade desse detalhe, o que me parece algo sem sentido.

Fernanda permaneceu calada e não parecia disposta a participar dessa discussão, mas para Roberta parecia importante conferir a realidade da ficção.

“Você tem alguma coisa a comentar, Fernanda, você tem realmente algo a ver com essa exposição?”

“Faz alguma diferença isso? Estamos falando de um livro de ficção, não de um documentário de nossas vidas. Se tudo for exposto e aberto, com o carimbo da realidade, perde o sentido.”

Roberta não pareceu conformada, mas também não sentiu que tinha argumentos para levar adiante o assunto.

 

Natasha´s Internet smartdrugs cafe Exposicione fotografica di Thomas G. Marasco Plano de Viagem Home